Sexo anal: 7 segredos de como fazer sem dor

O sexo anal está entre uma das práticas sexuais mais desejadas, tanto que tornou-se fetiches de muitos homens. No entanto, não são apenas os garotões que querem experimentar, muitas mulheres estão dispostas a entregar-se ao prazer anal, mas não sabem ao certo como fazer ou ainda guardam algum receio por causa de tantos mitos que o envolvem.

O ânus é uma área estreita e com grande força de fechamento esfincteriano (força esta que segura as fezes e gases intestinais) e, além disso, não possui qualquer tipo de lubrificação – ao contrário da vagina. O que leva muitas mulheres a acreditar que a pratica do sexo anal é dolorosa.

Porém, isso não é verdade. Embora cause certo desconforto no ínicio, o sexo anal pode ser bastante prazeroso se feito corretamente. O ânus é sensível, cheio de terminações nervosas e com boa circulação sanguínea, e quando acontece a penetração do pênis, o estreitamento da região causa prazer tanto para o homem quanto para a mulher.

Dicas de como fazer sexo anal

Esqueça o mito de que sexo anal é sinônimo de sofrimento, feito da maneira correta e com consenso, essa prática pode ser muito gostosa.

Para você que pensa em experimentar com o seu parceiro ou que já fez e ainda sente algum incomodo durante a relação, veja algumas dicas de como fazer sexo anal sem dor e com segurança:

1 – Proteção sempre!
O ânus é um local bastante propenso para que você contraia doenças sexualmente transmissíveis, isso porque absorve com mais facilidade as secreções contaminadas com vírus e bactérias. E também, o pênis pode se contaminar com as bactérias da região e causar infecções. Assim sendo, use camisinha sempre!

Além disso, a partir do momento que o pênis penetrar o ânus, não deve de maneira alguma retornar á vagina (a não ser que o preservativo seja trocado).

2 – Use bastante lubrificante
Como dito acima, o ânus não possui lubrificação natural e para que não haja dor durante a penetração e a relação seja confortável é necessário o uso de lubrificante à base d’água – que não causa reação alérgica.

3 – Esteja a vontade
É muito importante que esteja a vontade para fazer sexo anal, caso contrário, a experiência provavelmente não será legal. Não se sinta obrigada a fazer. Caso não esteja pronta ou com vontade, converse com o seu parceiro e deixe isso claro para ele.

4 – Relaxe!
Para que o sexo anal possa acontecer, você precisa estar relaxada e entregue, ou acabará não sentindo prazer. Deixe-se levar pelas sensações e aproveite tudo o que seu parceiro faz, desde beijos até toques mais ousados ao redor do seu ânus.

Apostar na masturbação anal também é uma ótima maneira de começar. Peça ao seu parceiro para introduzir o dedo com bastante lubrificante e acariciar a região, assim você pode relaxar e se acostumar com a sensação aos poucos.

5 – Escolha uma posição confortável
A escolha da posição é essencial, pois possibilita que você relaxe o corpo e o ânus. Uma boa dica é ficar de lado ou de barriga para baixo com um travesseiro na barriga, para empinar o bumbum.

6 – Relaxe o ânus
O ânus tem dois esfíncteres, o interno e o externo, e também está envolvido pela musculatura do assoalho pélvico. Neste caso, para que a penetração aconteça, é necessário que essas estruturas estejam relaxadas ou o ânus fica fechado e, qualquer tentativa de penetração, irá machucar e pode até causar lesões esfincterianas.

Há ainda o reflexo anal: quando encostamos no ânus ele automaticamente fecha. Então precisamos esperar o ânus abrir novamente para tentar penetrar.

7 – Ritmo
É fundamental que o seu parceiro não seja muito apressado ou vá com muita força na penetração anal – principalmente nas primeiras vezes – pois você pode acabar com dores e até pequenas fissuras no ânus e região. Ele deve fazer movimentos lentos e ritmados, permitindo que seus músculos relaxem e o orifício do ânus se alargue naturalmente.

Deixe seu cometário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *