Os 5 tipos de beijos mais famosos no Kama Sutra

Kiss, beso, kissu, kuchen: beijo! Em qualquer idioma existe uma palavra para expressar esse ato tão carinhoso quanto o beijo. Ele é a porta de entrada para o sexo e por isso você será apresentado ao Kama Sutra do Beijo. É isso mesmo, queridos internautas. Vou apresentar alguns deles para vocês:

1 – Beijo de lado: bastante comum entre os amantes apaixonados, ele permite um melhor contato dos lábios e uma penetração profunda da língua;

2 – Beijo inclinado: cabeça para trás, queixo imobilizado; um beijo apropriado para preliminares, para quem quer fazer amor lentamente, olhos nos olhos;

3 – Beijo direto: tranquilo e demorado, permite chupar e mordiscar os lábios além de acariciar levemente com a língua. Em geral, expressa muita paixão e desperta mais do que qualquer outro beijo;

4 – Mordida de Javali: mordida geralmente no ombro, que deixa na pele um rastro lembrando filas indianas, muito próximas umas das outras, e com intervalos vermelhos imitando as pegadas deixadas pelos javalis no barro;

5 – Mordida escondida: deixa uma intensa marca vermelha; deve ser dada no lábio inferior e muito provocativo.

Pois é pessoal, o primeiro passo para um bom termômetro para o sexo é o tipo e intensidade do beijo. A boca é o caminho para inúmeras sensações e estímulos, isso porque é um dos pontos mais importantes do prazer humano. Altamente sensível e com a flexibilidade de realizar movimentos que outros órgãos não conseguem, é capaz de perceber – juntamente com o nariz – quase 10 mil estímulos diferentes (é muita coisa, não é mesmo?). Sem contar que pode diferenciar gostos, sabores, cheiros e temperaturas.

O beijo é considerado um excelente estímulo cerebral, já que é ele o que define o desejo e a essência de um casal, assim como se a relação pode ter continuidade ou não. Para a mulher, por exemplo, o beijo é sinal de envolvimento afetivo e amoroso; a maior expressão de intimidade que possa haver. Este contato físico às vezes provoca sensações mais excitantes e prazerosas do que o sexo puramente genital. Aliás, é com um beijo prolongado que ela avalia a sensibilidade do homem e seus dotes de bom amante.

Por essa razão, quando um casal para de se beijar, significa que algo não vai bem. E se esse tipo de intimidade é perdida, o sexo também acaba sendo comprometido e, inevitavelmente, as queixas de insatisfação sexual tendem a aumentar.

A importância do beijo no sexo

a importância do beijo no sexo
O beijo erótico é fundamental para a estimulação sexual

 

No instante em que o casal perde o hábito de se beijar, isso reflete não apenas no vínculo afetivo, como também no sexo. Existem casos em que o casal continua mantendo relações sexuais, mas sem se beijar. Praticam o chamado “sexo mecânico”, puramente biológico.

A verdade é que o beijo erótico é fundamental para a estimulação sexual: ajuda o homem a manter os níveis de excitação, garantindo uma ereção mais vigorosa e um melhor controle da ejaculação. Na mulher, ele contribui para elevar os níveis de excitação e estimula a lubrificação natural da vagina.

Em outras palavras, é indispensável que o casal, depois do casamento ou mesmo em uma relação duradoura, continue namorando e se beijando muito. Não importa qual o tipo de beijo são os queridinhos de vocês no Kama Sutra, o importante é permitir trocas afetivas para oxigenar a relação e manter a satisfação do casal.

Deixe seu cometário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *