3 dicas para os iniciantes em sadomasoquismo

sadomasoquismoMuitas pessoas acabam não revelando seus desejos sexuais por medo da reação da parceria, mas é importante que o casal mantenha o diálogo para que os dois tenham uma vida sexual plenamente satisfatória e possam evoluir na vida íntima.

O sadomasoquismo, por exemplo, que ficou famoso após a febre de “Cinquenta Tons de Cinza” é um fetiche que busca o prazer sexual na dor. No entanto, o ato de apanhar deve acontecer de forma consensual, caso contrário, o mesmo é caracterizado como violência.

É a famosa frase “cada louco com sua mania”, e isso cai muito bem no que diz respeito às vontades sexuais. Pensando em você que deseja experimentar novas aventuras com seu parceiro (a), separei três dicas para praticar o sadomasoquismo:

  • Palavra-chave: escolha uma palavra com seu par para que a mesma seja usada no momento que um dos dois deseja parar. A principal característica da prática é a dominação, mas lembre-se sempre de respeitar a vontade do outro.
  • Olhos vendados: tapar os olhos do parceiro (a) proporciona um clima de surpresa, o que faz o outro se excitar mais e ficar na expectativa do que está por vir. Além disso, com os olhos vendados, a sensibilidade da pele aumenta.
  • Objetos: abuse de objetos diferenciados como algemas, chicote, coleira, corda, gelo, fantasias, etc. Use a criatividade para surpreender seu parceiro.

 

Deixe seu cometário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *